Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Cientistas europeus querem que gado emita menos metano

Mäyjo, 04.12.14

Cientistas europeus querem que gado emita menos metano

Um consórcio de várias universidades europeias, entre as quais a Universidade de Nottingham (Inglaterra) a Universidade Católica do Sagrado Coração de Picenza (Itália) e a Agrifood Research Finland (Finlândia) está a trabalhar num projecto para tentar descobrir um tipo de animal que produza a mesma quantidade de leite mas emita menos gás natural na sua digestão.

Esta espécie de vaca de baixo metano pode estar ligada à genética e dieta do animal. “Acreditamos que a genética possa influenciar este aspecto. Mas essa ligação ainda não foi provada e estamos na fase de recolha de dados”, explicou Lorenzo Morelli, microbiólogo e director da faculdade de agricultura da Universidade Católica do Sagrado Coração, em Piacenza.

Morelli acredita que o gado de baixo metano possa ser mais produtivo: “O metano é uma energia perdida, que pode ir para a produção de leite. Se conseguirmos encontrar a combinação certa, descobriremos animais que são menos poluentes, mais produtivos e mais lucrativos para seus criadores,” explicou o responsável ao Eurasia Review

Segundo Phil Garnsworthy, cientista da Universidade de Nottingham, a dieta dos animais pode ser melhorada para os levar a emitir menos metano. É também este o objectivo do consórcio, denominado RuminOmics.

O metano surge de um processo natural: as vacas comem erva, silagem e feno, digerindo estes alimentos co uma gama de micróbios dos seus estômagos e produzindo o gás através da flatulência. Este gás é 20 vezes mais potente que o dióxido de carbono de um período de 100 anos.

Por outro lado, cerca de um quinto dos gases de estufa produzidos pela agricultura são directamente libertados dos estômagos das vacas e bois. Segundo o Planeta Sustentável, oRuminOmics começou uma pesquisa sobre todos os aspectos da criação dos animais, na tentativa de baixar a produção de metano sem prejuízo para a de leite.

Foto: horrapics / Creative Commons